Buscar

Óleo Essencial de Lavanda: Parte 3/3 - Aromaterapia

Saudações caros leitores, venho concluir nossa série de posts sobre a Lavanda e todos seus atributos e benefícios. Desta vez, vamos falar sobre o poder do óleo essencial de Lavanda no uso olfativo.


A penetração do óleo essencial de lavanda no organismo humano, além de ocorrer através da via cutânea, acontece também pela via respiratória. Cada aroma inalado proporcionará um benefício diferente durante a utilização do produto skin care que contém óleo essencial em sua composição. 


Estrutura da pele e vascularização cutânea. As setas indicam os caminhos por onde pode haver a entrada das moléculas do óleo essencial na pele, sendo elas: através dos folículos pilossebáceos (por mecanismo de permeação) e através da difusão osmótica (por entre as células) Fonte: PEYREFITT; MARTINI; CHIVOT, 1998.


O óleo essencial de Lavanda, por ser uma substancia lipofílico e volátil, sua absorção na pele se dá por meio de dois mecanismos: permeação pelos folículos pilossebáceos e por difusão osmótica. O veículo (base onde deveremos usar o óleo pode ser base vegetal, gel ou creme neutro) utilizado influência sobre a absorção cutânea. Quanto maior o tempo de massagem e contato do óleo essencial na pele, maior será sua permeação.

A fricção e a massagem poderão ativar a absorção cutânea, através de três fatores: penetração do produto no folículo pilossebáceo, difusão osmótica e ativação da circulação local devido à massagem.


A lavanda é compatível com todos os tipos de pele e é hipoalergênica. Atua na regeneração celular auxiliando na cicatrização além de ser bastante utilizada em queimaduras, queimaduras solares, cortes e como antisséptico em procedimentos estéticos.

Extremamente versátil esse tipo de óleo essencial de lavanda combate diversos males e suas ações são: analgésica, antisséptica, antibiótica, antidepressiva, calmante, bactericida, repelente de insetos, efeito descongestionante, relaxante e sedativa. É indicado para acne, pele oleosa, alergias, abscessos, asma, eczema, picadas de insetos, dermatites, sarna, pé-de-atleta, catapora, blenorragia, cistites, TPM, insônia, irritabilidade, ansiedade, amenorreia, dismenorreia, menopausa, problemas metabólicos, dor de ouvido, flatulência, hipertensão, enxaqueca, estresse, reumatismo, contusões, cortes, queimaduras diversas, cicatrizes, feridas e torceduras. É o único óleo que pode ser aplicado puro na pele, especialmente em queimaduras e pode ser usado em qualquer tipo de pele.


Por inalação, as moléculas voláteis do óleo essencial caminham em direção ao epitélio (receptor celular que contém aproximadamente 20 milhões de nervos), em seguida, o bulbo olfativo interpretará suas moléculas e enviará a interpretação para o sistema límbico.

A transmissão do odor ocorre quando a mensagem entra em contato com o bulbo olfativo localizado atrás do nariz, na base do cérebro, com tamanho aproximado de uma semente de laranja lima.


As células e neurônios do bulbo olfativo interpretam o cheiro transmitindo a mensagem para o sistema límbico. A percepção acontece quando a mensagem é recebida pelo hipotálamo. O hipotálamo manda a informação para outras partes do cérebro como glândulas, partes olfativas do córtex e neocórtex onde finalmente analisa a mensagem e que sensação o odor pode oferecer, estimulando ou deprimindo o cérebro para a função desejada.


Os odores são estimulados em diferentes partes do cérebro e reagem de maneiras distintas. Por exemplo, os cítricos são estimulantes e eufóricos, como grapefruit e limão siciliano. Outros estimulam a glândula pituitária liberando endorfina, apresentando efeito afrodisíaco, são eles jasmim e ylang-ylang. Outros odores como o da lavanda, acalmam, tranquilizam e agem no sistema nervoso, induzindo o sono.


Somos capazes de detectar no ar, a presença de substâncias em concentrações tão baixas que nenhuma máquina construída pelo homem detectaria. O olfato é o mais antigo e um dos mais intrigantes sentidos desenvolvidos pelo homem.


Créditos: Cristiane Pagliuchi da Silveira

  • Eng. cosmética, aromaterapeuta, osmóloga

  • Especializada em psicoaromaterapia, linguagem do corpo e terapias para pets

  • Diretora da empresa WNF

  • Idealizadora da loja conceito Aromastock com foco em aromas e aromaterapia

Fontes:

  • KEVILLE, GREEN, 1995

  • BARATA, 1995

  • Corazza, SÔNIA, 2004

  • Peyrefitte; martini; chivot, 1998


39 visualizações

WNF - World's Natural  Frangances

SAC: (11) 3857-7790
2ª a 5ª das 8h às 18h e 6ª feira das 8h às 17h

E-mail: sac@wnf.com.br

© 2020 por @onebranding